ÁGUAS DE PISCINAS

 

As piscinas são instalações de dimensões muito variáveis e com objectivos diferentes. Assim, encontramos situações de pequenas piscinas para uso particular familiar, de condomínios, e piscinas grandes como as municipais ou de agrupamentos desportivos para uso colectivo. Neste segundo grupo é conveniente destacar as piscinas destinadas a competições desportivas e outras utilizadas para tratamentos de hidroterapia.

 

Basicamente o que se pretende de uma água de piscina é que seja límpida, sem contaminantes químicos e isenta de microrganismos patológicos. Assim, a qualidade da água da piscina depende numa primeira fase da qualidade da água de alimentação que deverá ser potável e numa segunda fase na manutenção dessa mesma potabilidade. No caso das piscinas para uso colectivo devem-se respeitar as recomendações da Administração Regional de Saúde.

 

Nesta área, a FDuarte realiza o projecto, fornece e instala os equipamentos necessários, acompanha a construção e define o plano de tratamento futuro. É normal estabelecer um contrato de assistência técnica em regime de avença que pode incluir os produtos químicos, e ao abrigo do qual a FDuarte estabelece um calendário de deslocações.

 

Em cada deslocação serão verificados o estado dos equipamentos incluindo as calibrações dos mesmos, testados os filtros, removidos os objectos estranhos tais como folhas de árvores e se necessário, aspirado o fundo da piscina, e escovadas as paredes interiores. São realizadas localmente as análises químicas julgadas convenientes e recolhidas amostras para análise laboratorial quando necessárias.